CENTO E CINQÜENTA ANOS DO MANIFESTO COMUNISTA

René Berthier
dimanche 25 mars 2012
par  Eric Vilain
popularité : 8%

In : Marxismo e Anarquismo, Editora Imaginàrio/expressão & Arte Editora, 2011

O texto “Cento e cinqüenta anos do Manifesto Comunista” foi extraído da revista francesa Les Temps Maudits, no 4, 1999,
Paris, editada pela CNT francesa.

O século XIX pulula de textos messiânicos. Nenhum conheceu o sucesso do Manifesto Comunista. Sem dúvida porque a obra de Marx contém uma análise crítica da sociedade capitalista na qual gerações de proletários se reconheceram e encontraram a descrição de seus males.

Se o Manifesto não tivesse sido senão uma obra profética,1 ou se só tivesse sido uma crítica objetiva, ele não teria sem dúvida alguma exercido tal atração sobre milhões de homens e mulheres. O que fez decerto o sucesso do texto foi simultaneamente a paixão, a indignação, às vezes, inclusive, o humor que dele emanam, mesclados à fria análise.

No ano da publicação do Manifesto, uma revolução sacode a Europa inteira e fornece a Marx e Engels a oportunidade de confrontar a teoria e a prática. Essa experiência infeliz terminar-se-á por... sua exclusão do primeiro partido comunista da história.


Documents joints

PDF - 93.7 ko
PDF - 93.7 ko